Quero me tornar um ITIL Expert – Por onde eu começo?

02 Aug 2015

Olá Caro leitor!

Venho me aventurando pelas provas intermediárias do ITIL em busca da certificação expert, e gostaria de compartilhar um pouco desta experiência com você.

Até o momento obtive 3 certificações da trilha “lifecycle”: RCV, OSA e PPO.

Antes de falar a respeito, irei explicar um pouco a respeito da qualificação ITIL.

Certificação Foundation

Não tem pré-requisitos (ex.: cursos preparatórios) para ser realizada. Ela certifica a pessoa nos conceitos gerais da biblioteca, sem um grande aprofundamento nos assuntos. A aprovação neste exame dá 2 pontos no esquema de qualificação. Além disso, a certificação foundation é pré-requisito para a realização dos exames intermediários. A prova contém 40 questões de múltipla escolha, tendo que ter 65% de aprovação (28 de 40).

Certificações Intermediárias e Expert

Os exames intermediários se aprofundam mais na implementação e em cada processo. Aqui, você terá condições de analisar um cenário e propor soluções baseadas nas melhores práticas. Como mostra a figura acima, existem 2 trilhas. A trilha “Lifecycle” tem um foco mais na implementação dos processos dentro do ciclo de vida. A trilha “Capability” tem foco mais na execução dos processos. Eu escolhi a trilha “Capability” na minha formação. Eu preferi me focar mais no aprendizado sobre os processos do que a implementação. Ao completar as trilhas, você obtém mais 15 pontos na trilha lifecycle e 16 na Capability. Independente da trilha escolhida, após completa-la, é preciso fazer a certificação MALC (Managing Across Lifecycle) para obter a certificação Expert. É necessário na soma total (foundation + intermediário + MALC) o mínimo de 23 pontos para se tornar um expert. Uma observação, é que não precisa completar as trilhas. É possível fazer cursos das 2 trilhas.

A prova é formada por cenários. São apenas 8 questões, e é necessário somar 28 pontos de 40 possíveis. Para cada cenário existem 4 respostas possíveis, sendo que a questão certa soma 5 pontos, a quase certa 3 pontos, a quase errada 1 ponto e a distrativa 0 pontos.

Além da prova foundation, é pré-requisito realizar um curso oficial de um instituto credenciado da Axelos, detentora da marca ITIL. E é sobre estes cursos que desejo me aprofundar um pouco mais. Para cada prova, eu fiz um curso diferente e com forma diferente.

O custo da prova é de cerca de R$ 900,00.

O exame é feito pela internet onde e quando puder fazer. Ele é supervisionado.

Certificação Master

É preciso comprovar conhecimento prático e saber justificar as técnicas aplicadas. Mais informações disponíveis em https://www.axelos.com/qualifications/itil-qualifications/itil-master.

Mais informações sobre o esquema de qualificação disponível em https://www.axelos.com/best-practice-solutions/itil.aspx?utm_source=itil-officialsite&utm_medium=redirect&utm_campaign=redirects.

Um pouco da minha experiência com as provas intermediárias

Os 3 cursos que fiz foram todos com abordagens diferentes. Abaixo eu listo as vantagens e desvantagens na minha opinião.

O curso (RCV) fiz através de um treinamento gravado em inglês. É a opção mais barata, cerca de R$ 500,00, mas é com maior risco de reprovação, e o aprendizado é inferior aos demais métodos. Basicamente os slides contém um resumo do livro, e o “instrutor” lê os slides, e nada mais. Resultado: a primeira prova eu reprovei. Na segunda prova eu passei raspando.

O curso (OSA) foi gravado também, mas agora em português e com explicações. O único curso disponível em português é o da TIExames. É um curso de baixo custo e ótimo custo/benefício. Achei um curso muito bom por sinal, pois ele foca bem nos assuntos da prova e os comentários são muito pertinentes. Após o curso fui aprovado de primeira com 78% de acerto. Particularmente achei que iria me sair melhor, mas fui aprovado e é o que interessa.

O curso (PPO) eu fiz através de um e-learning ao vivo. Achei o formato muito interessante apesar de ser EAD muito interativo. A vantagem deste tipo de curso, é a interação em tempo real com outras pessoas, as explicações e o tira-dúvidas. Esta modalidade faz com que o curso seja mais reflexivo. Apesar de um pouco inseguro para fazer a prova fui muito bem, alcançando 95% de aprovação. É a opção mais cara, porém, com maiores chances de aprovação na primeira tentativa.

Para ter sucesso nos exames intermediários, é preciso analisar as questões e solucioná-las com base no aprendizado nos cursos. Não pense na melhor solução com base no que você pensa, mas sim com base no ITIL. Ler novamente aquela apostila do curso foundation também é muito interessante.

Num outro post falaremos mais especificamente de como se preparar para o exame.

Espero que tenham gostado.

Um abraço!

RELATED POST
8 comments
  1. Em complemento ao excelente post do Emerson, gostaria apenas de expor minha experiência nas certificações ITIL. O foundation fiz apenas lendo os livros básicos e fazendo o curso da TI Exames, muito focado e de linguagem bastante simplificada e objetiva.

    Já as provas para as certificações intermediárias, contratei o curso junto a IT Partners de São Paulo, que pertence ao César Monteiro, que também é parceiro do Flávio da TI Exames que além de excelente profissional da área é um ótimo instrutor. O total do curso envolvendo as 5 (cinco) certificações, incluindo o MALC, ficou em torno de R$ 10 mil, que parcelei em 6 x. Já fui aprovado nas 4 (quatro) primeiras provas, todas com níveis acima de 85% (OSA, SOA, PPO e RCV). Agora só me falta o MALC que espero tirar até o final do ano.

    Este curso, incluí as apostilas, o valor da prova e é realizado tanto presencialmente quanto por webex (1 semana) de 1 a 2 horas por dia. Recomendo, pois a troca de informações e de experiências entre os participantes é muito enriquecedora.

    Boa sorte na jornada e espero ter ajudado.

  2. Olá pessoal, bom dia.

    Muito interessante o post e o compartilhamento de sua experiência Emerson, apenas uma correção a trilha que você esta seguindo é a do capability.

    Também realizei o OSA junto a TI exames, achei o curso excelente e a metodologia do Flavio é realmente muito boa!

    Agora estou fechando os demais junto a IT Partners, um pouco mais confiante com a informação fornecida pelo Luiz.

    Grande abraço e boa sorte a todos.

  3. Muito interessante o artigo. Só um detalhe, a certificação foundation tem o requisito de o candidato realizar um curso em um centro credenciado.

    Att.,

    Vitor Ramos

    1. Olá , obrigada pela dica vou procurar a IT Partiners , estava mesmo perdida sobre o que fazer.

      E Victor o foundation não precisa fazer curso em centro credenciado, estudei em casa e passei sem nenhuma dificuldade , o diploma já chegou.

Leave a reply

Comentários recentes

Categorias

Pesquisa ITSM

A TI da sua empresa utiliza uma ferramenta para registrar as solicitações de suporte?

View Results

Loading ... Loading ...

Calendário

August 2015
M T W T F S S
« Mar   Apr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Parceria #GTI e TIEXAMES

Compre cursos na TIEXAMES e usando o voucher GTI você ganha 15% de desconto!

Sites Parceiros